sábado, 30 de agosto de 2008

METADE

METADE

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade.
Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo.
Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço
Que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Por que metade de mim é o que penso
Mas a outra metede é um vulcão
Que o medo da solidão se afaste
E que o convivio comigo mesmo se torne ao menos suportável.
Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância
Por que metade de mim é a lembrança do que fui
Mas a outra metade eu não sei.
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço.
Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é a platéia
A outra metade é a canção.
E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade também.
OSWALDO MONTENEGRO

LINDA MENSAGEM

PARA QUEM NÃO CONHECE A HISTÓRIA ...


Djavan teve uma mulher chamada Maria. Os dois teriam uma filha que se chamaria Margarida, mas, sua mulher teve um problema na hora do parto e ele teve que optar por ela ou por sua filha.Perdeu as duas por obra do destino.
Agora é possível entender a letra da música, sobre o ponto de vista de Djavan para o mundo, transformando sua dor em arte.

Flor de Lis

Valei-me, Deus!
É o fim do nosso amor
Perdoa, por favor
Eu sei que o erro aconteceu
Mas não sei o que fez
Tudo mudar de vez
Onde foi que eu errei?
Eu só sei que amei,Que amei, que amei, que amei
Será talvez
Que minha ilusão
Foi dar meu coração
Com toda força
Pra essa moça
Me fazer feliz
E o destino não quis
Me ver como raiz
De uma flor de lis
E foi assim que eu vi
Nosso amor na poeira,
Poeira
Morto na beleza fria de Maria
E o meu jardim da vida
Ressecou, morreu
Do pé que brotou Maria
Nem Margarida nasceu.


Aproveite cada momento da sua vida ao máximo, passe o maior tempo possível com as pessoas que você ama; torne estes momentos inesquecíveis.
Aproveite a sua vida! Problemas teremos, podem ter certeza! A diferença é saber que um dia todos eles, mais cedo ou mais tarde, vão se resolver, e, provavelmente, daí surgirão outros. Não podemos ficar esperando a ausência de problemas para sermos felizes!

*MENSAGEM RECEBIDA DA AMIGA BETH FÉLIX

ATIVIDADES DE LEITURA












FONTE: CADERNO DE ATIVIDADES PROJETO INTENSIVO NO CICLO I - 3º ANO (SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SP)


ATIVIDADES DE ESCRITA DE LISTAS




FONTE: CADERNO DE ATIVIDADES PROJETO INTENSIVO NO CICLO I - 3º ANO (SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DA CIDADE DE SP)


segunda-feira, 25 de agosto de 2008

TEXTO ENIGMÁTICO

* MAIS UMA CONTRIBUIÇÃO DA PRÔ NELMA. ADOREI!!!

ATIVIDADE COM TABELA DE PONTOS

* UMA ATIVIDADE ELABORADA PELA AMIGA PROFESSORA NELMA. MUITO OBRIGADA!

SITUAÇÕES - PROBLEMA


1- O SACI-PERERÊ É MUITO BRINCALHÃO! UM DIA, ELE FOI AO GALINHEIRO E ESTRAGOU 12 OVOS. VOLTOU NO DIA SEGUINTE E ESTRAGOU MAIS 24 OVOS. QUANTOS OVOS O SACI ESTRAGOU NOS DOIS DIAS?


2- O SACI-PERERÊ CONTINUA APRONTANDO DAS SUAS! ACREDITA QUE ELE TINHA 36 OVOS DE GALINHA ESCONDIDOS, MAS ACABOU QUEBRANDO 15 DELES? QUANTOS OVOS SOBRARAM?


3- CERTA VEZ, O SACI ARRUMOU 5 BANDEJAS COM 4 OVOS CADA UMA. QUANTOS OVOS HÁ EM TODAS AS BANDEJAS JUNTAS?

domingo, 24 de agosto de 2008

AGRADECIMENTO...

QUERO AGRADECER PELAS MAIS DE 55000 VISITAS FEITAS AO MEU CANTINHO E TAMBÉM AOS COMENTÁRIOS CARINHOSOS DEIXADOS AQUI. SÃO OS COMENTÁRIOS QUE MAIS NOS MOTIVAM A CONTINUAR, COMO DIZEM MINHAS AMIGAS BLOGUEIRAS (E PERCEBI AGORA O QUANTO ISSO É VERDADE!), POR ISSO, NÃO DEIXEM DE COMENTAR O QUE ESTÃO ACHANDO DAS POSTAGENS: CRITIQUEM, SUGIRAM, ENFIM, SINTAM-SE À VONTADE PARA ESCREVER! A OPINIÃO DE CADA UM DE VOCÊS, LEITORES DO BLOG, É MUITÍSSIMO IMPORTANTE PARA MIM!!!
MUITO OBRIGADA MESMO PELO CARINHO E QUE DEUS OS ABENÇOE A CADA DIA MAIS.
PRISCILA

OLIMPÍADAS - ATIVIDADE DE MATEMÁTICA

NOTA: EXPLORE AINDA MAIS A TABELA, CRIANDO OUTRAS PERGUNTAS.

DITADO COM CONSULTA DE PALAVRAS DE UMA PARLENDA


ENCAMINHAMENTOS:
* Ditar as palavras da parlenda para que os alunos a localizem e escrevam no caderno. Esta é uma atividade de leitura, adequada aos alunos com hipóteses não-alfabéticas da escrita.
* Para os alunos em hipótese alfabética da escrita, pedir que escrevam a parlenda e depois entregar a folha com a parlenda escrita, para que façam uma autocorreção, atentando-se à escrita correta das palavras, à separação entre elas e à divisão da parlenda em versos.
* Esta mesma atividade pode ser aplicada usando outros tipos de textos, como cantigas e poemas.
ERRATA: NA COMANDA DA ATIVIDADE "VOCÊ PODE CONSULTAR O POEMA...", NO LUGAR DE "POEMA" LEIA-SE "PARLENDA".

CRUZADINHA

NOTA: Uma cruzadinha com banco de palavras é uma atividade de leitura, sendo desafiadora para os alunos em hipóteses não-alfabéticas da escrita.
Já uma cruzadinha sem o banco de palavras é uma atividade de escrita, desafiadora e adequada aos alunos com hipótese alfabética.

SUGESTÕES DE ATIVIDADES COM LISTAS

* ATIVIDADES DE ESCRITA:

- Ingredientes de uma receita;
- Materiais necessários para fazer uma pipa ou outro brinquedo;
- Animais que serão estudados em um projeto;
- Personagens prediletas dos gibis;
- Títulos das histórias já lidas em classe.

*ATIVIDADES DE LEITURA:

- Marcar, em uma lista, a história que foi lida no dia anterior;
- Marcar, em uma lista, a história que deseja ouvir novamente;
- Marcar, em uma lista, a história que o professor ditou;
- Localizar em uma lista de frutas quais serão utilizadas na salada de frutas;
- Encontrar em uma lista a brincadeira que já sabe e que pode ensinar aos colegas.



OBS.: A esta altura do ano escolar, o trabalho com listas é bem oportuno, pois trata-se de uma atividade que propicia a reflexão sobre o sistema de escrita. É importante frisar que as listas são textos com propósitos específicos: têm por função organizar dados ou então servem de apoio à memória; assim, procure sempre apresentar aos alunos listas que tenham também um propósito. Além disso, os elementos de uma lista costumam estar organizados de acordo com um critério, e esse critério precisa ser conhecido e compreendido pelos alunos. Isso não acontecerá se o critério da lista foir, por exemplo, "palavras que começam com M" - a menos, é claro, que seja uma agenda ou uma lista telefônica.
FONTE: GUIA DE PLANEJAMENTO E ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS - PROFº ALFABETIZADOR (VOL. 2 - SEC. EDUC. ESTADO DE SP)

ATIVIDADES COM CANTIGA DA BORBOLETINHA


SUGESTÃO: APLICAR AS ATIVIDADES EM DIAS DIFERENTES. SUGIRO QUE SE APLIQUE PRIMEIRO A ATIVIDADE DE ESCRITA E DEPOIS A DE LEITURA.
OUTRA SUGESTÃO É PEDIR PARA OS ALUNOS ORGANIZAREM A MÚSICA EM PALAVRAS, NO LUGAR DE VERSOS.

sábado, 23 de agosto de 2008

ATIVIDADE: LEITURA DE LISTA


ORIENTAÇÕES: O QUE FAZER COM ALUNOS QUE PARECEM NÃO APRENDER?

1- DE POSSE DAS SONDAGENS REALIZADAS E DA COMPARAÇÃO DOS RESULTADOS, IDENTIFIQUE OS ALUNOS QUE NECESSITAM DE MAIS AJUDA.
Esse procedimento é essencial. É verdade que no dia-a-dia você obtém muitas informações acerca do que cada aluno já sabe. Mas as sondagens servem justamente para fortalecer essas impressões e, ao mesmo tempo, garantir que nada escape ao seu olhar. Sempre há alunos que não chamam tanto a atenção e não costumam pedir ajuda (são tímidos ou preferem não se manifestar), mas mostram ao longo do ano avanços menos significativos do que seria esperado, indicando que necessitam de um acompanhamento próximo - e isso não seria percebido sem a realização de sondagens periódicas.
2- ORGANIZE AS DUPLAS DE MODO QUE OS DOIS PARCEIROS ESTEJAM EM MOMENTOS RAZOAVELMENTE PRÓXIMOS EM RELAÇÃO ÀS HIPÓTESES DE ESCRITA.
Mais uma utilidade das sondagens: permitir que você agrupe os alunos de acordo com critérios mais objetivos. É sempre importante lembrar que a função das duplas não é garantir que todos façam as atividades corretamente, mas favorecer a mobilização dos conhecimentos de cada um, para que possam avançar. Lembre-se também que uma boa dupla (a chamada dupla produtiva) é aquela em que os integrantes fazem uma troca constante de informações; um ajuda de fato o outro, e ambos aprendem. Preste muita atenção às interações que ocorrem nas duplas e promova trocas de acordo com o trabalho a ser desenvolvido.
3- ORGANIZE A CLASSE DE MODO A DEIXAR OS ALUNOS QUE MAIS NECESSITAM DE AJUDA MAIS PRÓXIMOS DE VOCÊ, DE PREFERÊNCIA NAS FILEIRAS DA FRENTE.
A tarefa do professor é altamente complexa. Inúmeras variáveis intervêm para que o objetivo de favorecer a aprendizagem de todos seja alcançado. Às vezes, detalhes permitem gerenciar melhor a ajuda que você pode oferecer. Um deles é o modo de organizar o espaço da classe. Se os alunos que demandam mais apoio e se dispersam com facilidade estiverem mais próximos a você, será mais fácil observar, orientar e intervir no trabalho que realizam.
4- EXPLIQUE A TODOS O QUE DEVE SER FEITO EM CADA ATIVIDADE, MESMO NAQUELAS COMPLEMENTARES, PROPOSTAS APENAS PARA OS ALUNOS QUE JÁ ESCREVEM CONVENCIONALMENTE.
Este é mais um cuidado para potencializar a ajuda valiosa que você pode oferecer aos alunos que têm dificuldade. Se todos os alunos já sabem o que precisam fazer, seu apoio será mais produtivo para os que necessitam dele. Não se esqueça de explicar também a atividade complementar, a ser feita apenas por aqueles que trabalham num ritmo mais rápido, por lidarem melhor com os conteúdos propostos.
5- APÓS TER DADO ORIENTAÇÃO PARA TODOS OS ALUNOS, CAMINHE ENTRE ELES E OBSERVE SEUS TRABALHOS, ESPECIALMENTE OS DAQUELES QUE TÊM MAIS DIFICULDADES.
É importante circular entre os alunos enquanto eles trabalham por diversos motivos: avaliar se compreenderam a proposta, observar como estão interagindo, garantir que as informações circulem e que todos expressem o que sabem. Quando necessário, procure questionar e interferir, evitando criar a idéia de que qualquer resposta é válida. Observe também se o grau de dificuldade envolvido na proposta não está muito além do que podem alguns alunos, se não está excessivamente difícil para eles.
Cada atividade propõe desafios destinados a favorecer a reflexão dos alunos. Muitas vezes você deverá fazer ajustes: questionar alguns para que reflitam um pouco mais, oferecer pistas para ajudar os inseguros.
6- SE TIVER MUITOS ALUNOS QUE DEPENDEM DE SUA AJUDA, ACOMPANHE ALGUMAS DUPLAS NUM DIA E OUTRAS NO DIA SEGUINTE. LEMBRE-SE DE QUE É NECESSÁRIO PLANEJAR DIARIAMENTE ATIVIDADES DEDICADAS À REFLEXÃO SOBRE O SISTEMA DE ESCRITA (DE ESCRITA OU DE LEITURA PELO ALUNO), JÁ QUE ESTA É UMA DAS PRIORIDADES DA 1ª SÉRIE.
O desafio proposto para nós, professores, é muito grande, e sabemos que gerenciá-lo é uma arte. Não podemos ajudar todos, o tempo todo. Por isso, você precisa se organizar para melhorar as intervenções do ponto de vista qualitativo. Uma forma de garantir esse acompanhamento é sempre dar atenção particular a alguns alunos a cada dia. Além disso, a organização do trabalho em duplas permite que, mesmo nos momentos em que não contam com sua ajuda, possam trocar informações e se confrontar com idéias diferentes.
FONTE: CADERNO DE PLANEJAMENTO E ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS - PROFº ALFABETIZADOR (VOL 2 - SEC. DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SP)

SUGESTÃO PARA A ORGANIZAÇÃO DA ROTINA SEMANAL


FONTE: GUIA DE PLANEJAMENTO E ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS - PROFº ALFABETIZADOR (VOL 2 - SEC. ESTADO DE SP)

FOLCLORE: SACI E IARA



FIZ ESTES PERSONAGENS COM OS ALUNOS E ELES ADORARAM!

MATEMÁTICA: SITUAÇÕES-PROBLEMA




FONTE: REVISTA "TABUADA COLORIDA" - ED. ESCALA EDUCACIONAL


domingo, 10 de agosto de 2008

ATIVIDADE DE ESCRITA: LEGENDA

LEGENDAS DE FOTOS

Objetivos:
* Escrever uma legenda preocupando-se em manter as características desse gênero;
* Escrever utilizando os conhecimentos disponíveis sobre o sistema de escrita e as fontes de informação existentes na classe.

Planejamento:
* Organizar os alunos em duplas;
* Materiais necessários: uma folha com uma foto de jornal, espaço para escrever a legenda (cópia para todas as duplas) e a notícia que acompanha essa foto;
* Duração: cerca de 40 minutos.

Encaminhamento:
*As duplas devem ser pensadas de modo que um aluno mais avançado em relação às hipóteses de escrita fique com outro com hipóteses iniciais;
* Explique a proposta contando a eles que lerá uma notícia, depois mostrará uma foto relacionada a essa notícia e então eles deverão criar, em duplas, a legenda para a foto;
* Leia para eles a notícia. Comente-a e deixe que a comentem;
* Distribua então as folhas com a foto e o espaço para a legenda, uma por dupla. Informe-os, se for o caso, dos nomes dos atletas que aparecem na foto ou a qual país pertencem;
* Pergunte quem gostaria de dizer o que acha que poderia escrever na legenda. Deixe que algumas crianças dêem exemplos. Atenção: é importante que, para que tenham sucesso nesta atividade, já tenham lido e discutido muito com você a respeito desse gênero textual.
* Combine com eles que cada dupla deverá entrar em acordo a respeito do que vai ser escrito na legenda da foto. O aluno que tem hipóteses iniciais deve ditar e o outro ser o escriba.
* Circule pelas duplas ajudando de acordo com a necessidade: às vezes perguntando, outras oferecendo informação, confirmando ou confrontando informações. Ajude os alunos a utilizar as fontes de informação existentes na classe.
* Peça que cada dupla leia para o grupo a legenda que fez e depois as coloquem no mural da sala.
* Não é o momento de fazer correções ortográficas. Afinal, embora seja um texto curto, é um texto de autoria, e a maior preocupação deve ser com a produção da linguagem adequada a esse gênero.

O QUE MAIS FAZER?
Esta atividade pode ser feita várias vezes, pois os alunos costumam gostar muito dela. Você pode depois organizar uma coletânea com todas as fotos e suas legendas. O cuidado com as duplas, para garantir que todos tenham sucesso na produção do texto, é fundamental.
A escrita de títulos para notícias de jornal também pode ser uma ótima atividade de produção de texto, a qual deve seguir orientações semelhantes às da escrita de legendas.
Tanto as legendas quanto os títulos são textos curtos, porém exigem dos alunos entendimento da notícia lida e poder de síntese para escrevê-los.

FONTE: Guia de Planejamento e Orientações Didáticas - Profº Alfabetizador (Sec. Educ. do Est. de SP)

sábado, 9 de agosto de 2008

ATIVIDADE DE LEITURA COM LEGENDAS

Aproveitando o tema "Olimpíadas", realize esta atividade com os alunos:

LEGENDAS DE FOTOS TROCADAS

Objetivos:
* Interpretar um texto buscando pistas tanto nas legendas como nas fotos
* Ler uma legenda antes de saber ler convencionalmente

Planejamento:
* Organizar os alunos em duplas;
* Materiais necessários: cópia para todas as duplas de duas fotos de jornal bem diferentes e cópia das legendas também separadas
* Duração: cerca de 40 minutos

Encaminhamento:
* Organizar antecipadamente o grupo em duplas, pensando nas possibilidades de interação.
* Escolher duas fotos e duas legendas bem diferentes. Por exemplo, uma foto com algum jogador bem conhecido da seleção brasileira de futebol numa situação de ataque e uma foto de outro time, com camisas de cores distintas das brasileiras, em uma situação de falta, defesa de goleiro, etc.
* Mostrar as fotos, sem as legendas, e pedir que digam de que seleções eles pensam se tratar, que jogadores conhecem e qual situação cada foto está retratando.
*Depois, dizer a eles que o jornalista que fez a reportagem já não lembra mais qual legenda é de cada foto e que eles terão de tentar ler o que está escrito.
* Aos alunos que têm mais dificuldades, dê pistas do tipo "veja se tem escrito na legenda algum nome de país ou de jogador que você conhece e que está na foto".
* Circular pelas mesas ajudando as duplas - questionando, dando pistas e perguntando o que conseguiram descobrir e como.
*Quando todos tiverem terminado, perguntara a que conclusão chegaram e deixar que expliquem como fizeram para descobrir. Se não tiverem conseguido ler integralmente as legendas (apenas o nome do jogador, por exemplo), leia para eles.

DICA: ESTA É UMA BOA ATIVIDADE PARA OS ALUNOS QUE AINDA NÃO CONSEGUEM LER CONVENCIONALMENTE. PARA OS QUE LÊEM, VOCÊ PODE ESCOLHER UMA NOTÍCIA CURTA, SOBRE UM JOGO, E PEDIR QUE ESCOLHAM QUAL É - ENTRE TRÊS OU QUATRO POSSIBILIDADES - O TÍTULO MAIS ADEQUADO A ELA.

*Fonte: GUIA DE PLANEJAMENTO E ORIENTAÇÕES DIDÁTICAS - PROFESSOR ALFABETIZADOR (SEC. EDUC. DO ESTADO DE SP)

OLIMPÍADAS: ATIVIDADE DE LEITURA


FOLCLORE: FICHAS DE LEITURA













* APROVEITEM AS FICHAS PARA COLAR NO CADERNO DE LEITURA DOS ALUNOS *

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

CALENDÁRIO DE AGOSTO


ATIVIDADE COM HISTÓRIA EM QUADRINHOS


1- Cebolinha ao falar "cruzar os sete mares" quis dizer:
(A) viajar por todos os mares
(B) jogar batalha naval
(C) derrotar os sete mares
(D) guerrear com os sete piratas dos mares
2- Por que Cebolinha aparece com o olho roxo no último quadrinho?
(A) porque caiu do seu barquinho
(B) porque foi atingido por um monstro marinho
(C) porque machucou-se com sua espada
(D) porque Mônica bateu nele
3- Cebolinha brincava de pirata usando:
(A) uma prancha de madeira
(B) uma tina de madeira
(C) uma banheira velha
(D) uma piscina inflável
4- No antepenúltimo quadrinho, Cebolinha diz: "Er... Oi Cascão! Posso blincar de bonequinhos com você?" . A frase destacada representa que Cebolinha estava:
(A) sem graça porque queria brincar com Cascão
(B) alegre por ver Cascão
(C) nervoso porque apanhou da Mônica
(D) entusiasmado em brincar com Cascão
FONTE: SARESP 2003 - LEITURA E ESCRITA - 4ª SÉRIE

ATIVIDADE COM PROPAGANDA

1- Na frase "Rende tanto que só fome de elefante para dar conta", a expressão em negrito significa que o molho de tomate:
(A) dá para fazer muitos pratos
(B) é muito saboroso
(C) tem um sabor muito forte
(D) pode ser usado em qualquer receita

2- Por que a propaganda não usou a expressão: "fome de leão" no lugar de "fome de elefante"?
(A) Porque elefantes comem molho de tomate e os leões não
(B) Porque o elefante é o "garoto propaganda" da marca
(C) Porque elefante come mais que leão
(D) Porque elefante é mais dócil que leão

3- Observando imagem e texto da propaganda, pode-se afirmar que o molho de tomate pode ser usado:
(A) apenas em macarrão
(B) em poucos pratos
(C) apenas em carnes
(D) em diversas receitas

4- O objetivo dessa propaganda é:
(A) incentivar as pessoas a se alimentarem melhor
(B) aumentar o consumo de massas
(C) vender molho de tomate
(D) vender gibis da Turma da Mônica

5- Na frase "Rende tanto que só fome de elefante para dar conta.", o ponto final é usado para:
(A) expressar uma emoção
(B) enumerara situações
(C) finalizar uma idéia
(D) indicar dúvida

FONTE: SARESP 2003 - LEITURA E ESCRITA - 4ª SÉRIE

PROJETO MONTEIRO LOBATO


OBJETIVOS:
* Conhecer um pouco sobre a vida de Monteiro Lobato e suas obras;
* Avançar nas hipóteses de leitura e escrita;
* Desenvolver o gosto por ler e ouvir histórias;
* Produzir e revisar pequenos textos.

OBJETIVO COMPARTILHADO:
* Confeccção de mural informativo e álbum com os personagens do Sítio do Picapau Amarelo.

ESTRATÉGIAS:
* Leitura e produção de textos descritivos;
* Vídeo;
* Ilustrações;
* Confecção de mural e álbum

ETAPAS PREVISTAS:
* A professora lerá para os alunos a biografia de Monteiro Lobato. Após a leitura, irá comentar que eles irão participar de um projeto sobre o mesmo, onde terão oportunidade de conhecer um pouco sobre a vida de Lobato e seus principais personagens (no caso, os do Sítio do Picapau Amarelo). Um aluno ficará responsável por registrar em cartaz os dados principais da vida do autor, que será colocado no pátio, em um mural informativo.
*Os alunos, em duplas, elaborarão uma lista com os nomes dos personagens do Síto do Picapau Amarelo que eles conhecem. Após a revisão coletiva da lista, um aluno passará a mesma a limpo em um cartaz, que será fixado no mural da escola, para socialização com os demais alunos da UE.
* A professora levará para a classe o filme "No reino das Águas Claras" ou episódios do programa de tv do Sítio do Picapau Amarelo. Após o filme, os alunos irão comentar a parte que mais gostaram e farão uma ilustração da mesma. As ilustrações comporão outro painel que ficará exposto no mural do pátio da escola.
* Em outra aula, a professora lerá para os alunos fichas descritivas dos principais personagens do Sítio (anexo da revista "Guia prático para professoras de Educação Infantil" de abril/2006).
* A classe será dividida em grupos de quatro alunos. Cada grupo sorteará o nome de um dos personagens do Sítio e elaborará uma ficha descritiva sobre ele (características físicas, psicológicas e o que mais acharem pertinente).
* As fichas elaboradas pelos alunos serão revisadas coletivamente, na lousa, onde todos da classe poderão dar suas contribuições para o enriquecimento do texto.
* Após a revisão, um aluno de cada grupo passará o texto a limpo. Cada grupo ilustrará seu personagem e todas as fichas descritivas comporão o mural do pátio.
* A professora (ou até mesmo um aluno por grupo) passará os textos das fichas em stencil ou irá digitá-los e entregará aos alunos um álbum dos personagens do Sítio do Picapau Amarelo, que será levado para casa,