segunda-feira, 27 de maio de 2013

DICA LITERÁRIA + SUGESTÃO DE ATIVIDADES II

Menina Bonita Do Laço De Fita - Col. Barquinho De ...
MENINA BONITA DO LAÇO DE FITA
MACHADO, Ana Maria
Ed. Ática

SINOPSE:
'Quando eu casar quero ter uma filha bem pretinha´ suspirava o coelho branco. ´Preciso conhecer o segredo´. A menina não sabia, mas acabou inventando receitas, e já estava preparando uma história de feijoada quando sua mãe deu ao coelhinho uma pista...


SUGESTÃO DE ATIVIDADES:

* Antes de realizar a leitura da história, explorar com as crianças a capa e o título do livro, deixando que comentem sobre suas impressões e ideias de como imaginam que a história seja, etc.
* Realizar a leitura da história e em seguida propor uma roda de conversa sobre a mesma, comparando com a ideia inicial que tinham, as impressões que tiveram após a leitura, a parte que mais gostaram, dentre outros assuntos que forem surgindo no momento.
* Solicitar que os pais enviem para a escola fotos da criança com seus familiares, em momentos diversos. Pode-se enviar fotos também de avós, primos, tios... Organizar as fotos em um painel ou mesmo dispôr os alunos em uma roda e as fotos no meio da mesma, de modo que todos possa visualizá-las e comentar sobre elas. As crianças devem perceber as diferenças existentes entre uma família e outra, com quem elas se parecem da própria família, porque tem o cabelo de uma determinada cor ou textura, a cor da pele é igual a de qual familiar...
* Em outro momento, apresentar o vídeo "A cor da cultura" http://www.youtube.com/watch?v=gzMdC-Hwo2I para as crianças.
* Propor uma roda de conversa sobre o vídeo, onde o professor fará um resgate de tudo o que foi trabalhado até o momento (a história do livro, o painel com as fotos...)
* As crianças deverão fazer um auto-retrato em cartolina, pintando o mesmo com tinta guache, onde cada uma irá pintar seu rosto da cor que se enxerga (não interferir na escolha da cor, disponibilizar um espelho, para que se olhem e percebam a cor da própria pele). Colocar moldura e expôr as obras pela escola. Deixar que comentem sobre a própria produção.
* Realizar uma oficina com as crianças: "Toque no cabelo", onde deverão tocar no cabelo umas das outras, na pele, sentindo as diferentes texturas, percebendo cores... Depois entregar massa de modelar (pode ser feita pelas próprias crianças, com receita caseira) e pedir para que modelem o que ficou mais marcado para elas (pode ser um amigo, determinado tipo de cabelo, seja pela textura ou comprimento, enfim, cada uma irá modelar o que lhe chamou a atenção). Com os trabalhos prontos, deixar que as crianças falem sobre suas percepções e sensações, desde o toque nos amigos até o momento da modelagem com a massinha.
* Em outro momento, entregar revistas para as crianças recortarem gravuras de diferentes tipos de pessoas, que lhe chamarem a atenção. Confeccionar  um "Painel da Diversidade"com as fotos e deixar que falem sobre as gravuras escolhidas, o porquê de as terem escolhido, discutir o porquê das pessoas serem diferentes umas das outras e principalmente fazê-las entender que essas diferenças precisam ser respeitadas e também valorizadas.


Um comentário:

Edna Ribeiro disse...

Seu trabalho é maravilhoso, por isso venho convidar para conhecer os educadores multiplicadores para compartilhar novas amizades e experiências. Acesse:http://www.educadoresmultiplicadores.com.br/ ou no banner que tem em meu blog. Abraços, Edna Ribeiro